CURSO REALIZADO 02/2020 – Avaliação de Imóveis Urbanos com o Uso da Inferência Estatística

Objetivo

Oferecer conhecimentos básicos sobre as metodologias de avaliação previstas na Norma ABNT NBR 14.653-1/ NBR 14.653-2 – Imóveis Urbanos, com ênfase no Método Comparativo Direto através da Inferência Estatística e capacitar os profissionais para realização de laudos de avaliação com fundamentação técnica.

Público Alvo

Arquitetos, Engenheiros e Estudantes de graduação desses cursos.

Carga horária
24 horas

Local, datas e horário

O curso será realizado na sede CREA/MT, localizado na Rua
Historiador Rubens de Mendonça 491, sala de reunião piso 1.

Quinta-feira, 13/02/2020, de 08:00h às 18:00h
Sexta-feira, 14/02/2020, de 08:00h às 18:00h
Sábado, 15/02/2020, de 08:00h às 18:00h

Programa

1 – Introdução à Engenharia de Avaliações;

Histórico e Normas pertinentes
Pressupostos para entendimento das Normas
Definições importantes
Novidades da ABNT NBR 14.653-1: 2019
Procedimentos de Excelência

2 – Avaliação de Imóveis Urbanos

Conceito de valor, preço e custo
Atividades Básicas: Documentação, vistoria e pesquisa de mercado
Metodologias preconizadas:
Método Involutivo
Método Evolutivo
Método da Capitalização da Renda
Método Comparativo Direto de Dados de Mercado

3 – Inferência Estatística

Método dos Mínimos Quadrados
Construção de Variáveis
Pressupostos Básicos (check list)

– Testes da equação;
– Análise dos resíduos do modelo;
– Heterocedasticidade;
– Multicolinearidade;
– Normalidade de resíduos;
– Análise Gráfica;
– Teste de sensibilidade do modelo.
Exercícios Práticos no software (SiSDEA)

Expositor

Nelson José Otto Lins, nasceu no dia 25 de abril de 1953, na cidade de Corumbá/MS. Filho de José Lins e de Norma Dora Otto Lins, formou-se em Engenharia Civil no ano de 1979, na Escola de Engenharia Veiga de Almeida, cidade do Rio de Janeiro. Possui pós-graduação em Gestão Ambiental pela Universidade Cândido Mendes (2006). FUNÇÕES EXERCIDAS NO BNH (a partir de 09/11/1981) Chefe de Seção de Fiscalização de Obras de infraestrutura urbana, Saneamento e Habitação para média e baixa. Chefe do Serviço do Departamento de Engenharia; Chefe de Divisão de Mobilização de Terras; e Chefe de Serviço de Saneamento. FUNÇÕES EXERCIDAS NA CAIXA ECONOMICA FEDERAL (a partir de 01/09/1987) Gerente de Núcleo na Gerência de Saneamento e Desenvolvimento Urbano na Unidade Cuiabá/MT; Gerente Operacional “B” na Gerência de Saneamento e Desenvolvimento Urbano na Unidade Cuiabá/MT; Gerente de Núcleo na Divisão de Saneamento da Superintendência da CAIXA em Mato Grosso; Chefe de Divisão de Saneamento Urbano na unidade da CAIXA em Cuiabá/MT; Gerente Operacional na Gerência de Saneamento e Desenvolvimento Urbano na Unidade da CAIXA em Cuiabá/MT; Chefe de Divisão de Engenharia. Atuou sempre como analista de projetos e acompanhamento de obras em praticamente todas as cidades do Estado de Mato Grosso. Assistente Técnico I – função especializada em análises de projetos habitacionais e infraestrutura urbana; fiscalização e acompanhamento de obras habitacionais e de infraestrutura urbana; perícias em edificações sinistradas e avaliações de bens imóveis. Assistente Técnico III – Chefia/Gerência na Engenharia Regional da CAIXA em Cuiabá/MT, atuando nas funções especializadas descritas no item acima (Assistente Técnico I). Gerente de Engenharia na Gerência de Desenvolvimento Urbano da CAIXA, GIDUR/CB Gerência de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano em Cuiabá/MT; e Coordenador de Sustentação ao Negócio na Regional de Sustentação ao Negócio da CAIXA em Cuiabá/MT (RSN/CB) em 27/11/2011. Atividades Técnicas exercidas como técnico cedido pela CAIXA a outros Órgãos da Administração Pública: Dezembro/1998 – Cedido à Secretaria de Controle Interno, hoje CGU – Controladoria Geral da União para trabalhos em auditoria em projetos, orçamentos e obras beneficiadas com incentivos fiscais do FINAM – Fundos de Investimentos da Amazônia, repassados pela SUDAM. O trabalho teve como foco empreendimentos industriais localizados no Distrito Industrial de Cuiabá, onde foram auditadas e avaliadas em detalhes suas instalações, obras de edificação, acessos pavimentados para manobras de veículos pesados para carga e descarga, estação de tratamentos de efluentes de resíduos industriais, estação rebaixadora de luz e força, equipamentos e instalações do setor têxtil. Junho/1999 – Cedido ao TCU – Tribunal de Contas da União/Secretaria de Controle Externo de Mato Grosso (SECEX/MT) para serviços de auditoria aos projetos, orçamentos e obras do Hospital Central de Cuiabá, Processo nº 425.022/1996-0 TCU. Período de 31/03/2010 a 25/06/2011 – representante da CAIXA na REDE CONTROLE DA GESTÃO PÚBLICA, junto com o Ministério Público Federal; CGU; TCU; AGU; CREA/MT; Auditoria Geral do Estado; Delegacia da Receita Federal; Polícia Federal e Tribunal de Contas do Estado. Atualmente aposentado da CAIXA desde 26/Junho/2011 está cadastrado como perito de engenharia na Justiça Federal e na 4ª Vara Cível da Comarca de Várzea Grande/MT. Membro do IBAPE-MT (Instituto de Avaliação e Perícias) do qual foi Vice-Presidente (2012/2013) e atuando como autônomo e prestador de serviços para terceiros e para a CAIXA ECONOMICA FEDERAL através da empresa credenciada Rossi Engenharia e Construtora Ltda – CNPJ 73.541.542/0001-45 nas atividades de avaliação de imóveis, perícias, análise e acompanhamento de obras de edificações e de infraestrutura urbana envolvendo serviços de pavimentação asfáltica, drenagem subterrâneas e superficiais, canalização de córregos sistemas de abastecimento de água, sistemas de coleta e tratamento de esgoto sanitário. Em 2011 exerceu cargo de Coordenador Técnico por 4 meses no Consórcio Planservi/Sondotécnica que era a empresa responsável pelo gerenciamento das obras de pavimentação e pontes do Governo do Estado de Mato Grosso, Programa MT INTEGRADO, atualmente denominado PRÓ-ESTRADAS.

Material Didático

O material do curso será fornecido em arquivos eletrônicos
OBS: É necessário que o participante traga notebook que contenha o Pacote Básico do Office
(Word e Excel) para que seja instalada a versão demonstrativa dos programas SiSDEA (windows).

Inscrições

IBAPE-MT: ibapemt@gmail.com / (65) 9 9957-9250 / (65) 3322-3504

Dados para inscrição

Nome:
Formação:
Ident. (CREA/CAU): CPF:
Endereço:
Bairro: Cidade: CEP:
Tel.: E-mail:

As vagas são limitadas.

As inscrições se encerram na data-limite de 11/02/2020.
Excepcionalmente, desde que existam vagas disponíveis, serão aceitas inscrições após a data limite.
A data-limite não garante a disponibilidade de vagas, sendo recomendável a efetivação da inscrição com antecedência.
O curso é ministrado à turma aberta, formada por adesão de interessados, dependendo da inscrição de um número mínimo de participantes para sua realização. Na hipótese de quórum insuficiente, impossibilidade de comparecimento dos professores ou outros imprevistos, a coordenação do curso se reserva o direito de cancelar o curso.

Na hipótese de cancelamento, os inscritos serão avisados, através de mensagem eletrônica.Em caso de cancelamento, haverá reembolso integral do valor pago. No caso de remanejamento de data do inicio do curso, a Coordenação, mediante solicitação do inscrito, poderá cancelar sua inscrição e fazer o reembolso integral do valor pago. As confirmações de inscrição serão enviadas, por mensagem eletrônica. Sem prejuízo da confirmação enviada por mensagem eletrônica, recomenda-se que o inscrito entre em contato para confirmar a realização do curso.

Toda e qualquer comunicação a respeito do curso será encaminhada, somente, através de mensagens eletrônicas, razão pela qual o participante deve manter seu cadastro atualizado. O certificado será concedido ao participante que obtiver 75% da frequência. Na hipótese de desistência, o cancelamento da inscrição deverá ser solicitado através de comunicação enviada por mensagem eletrônica para o IBAPE/MT, estando sujeito às seguintes condições:

  1. a) o inscrito poderá solicitar o cancelamento da inscrição até 7 (sete) dias antes do início do curso,

havendo nesse caso a devolução integral do valor pago;

  1. b) nos casos de cancelamentos solicitados após esse prazo ou de não comparecimento sem

comunicação à Coordenação do curso, não haverá devolução do valor pago.

Investimento

Sócios do IBAPE-MT: R$ 800,00 após 07/02/2020 R$ 1.000,00
Não sócios do IBAPE-MT: R$ 1.000,00 após 07/02/2020 R$ 1.200,00
Acadêmicos: R$ 500,00  (necessário apresentação de carteirinha com data de validade)

Obs.: o valor para “associados” é reservado aos associados dos IBAPEs de qualquer unidade federativa que estiverem comprovadamente quites até a data de inscrição. As inscrições somente estarão confirmadas mediante pagamento. O valor promocional é assegurado, somente, para pagamentos efetuados até o dia 07/02/2020

Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia do Estado do Mato Grosso.
Rua Historiador Rubens de Mendonça, 491 anexo a sede do CREA/MT, sala 10, andar 1.

Site: www.ibapemt.com.br (https://ibapemt.com.br/)
Facebook: @ibapemt.com.br (https://www.facebook.com/ibapemt.com.br/)
Instagram: @ibape_mt (https://www.instagram.com/ibape_mt/?igshid=mb523qdrd134)

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *